Guilherme Toporoski - Imóvel 15.760,543m² - Rua Vinte e Dois de Março, 335 - São Paulo do Araçatuba - Campina Grande do Sul/PR.

Lotes Favoritos

Você precisa estar logado para visualizar os seus lotes favoritos

IMÓVEL 15.760,543M² - RUA VINTE E DOIS DE MARÇO, 335 - SÃO PAULO DO ARAÇATUBA - CAMPINA GRANDE DO SUL/PR.

Rua Vinte e Dois de Março, 335, bairro São Paulo do Araçatuba, em Campina Grande do Sul/PR.

ATENÇÃO!
Este lote possui possibilidade de compra parcelada. Dê seu lance no auditório virtual

Solicitar Habilitação

Detalhes do Terreno

  • Área Total 15.760,543m²
Informações
Código do leilão: 1133-1
Lote Nº.: 1
Cidade/UF: Campina Grande do Sul/PR
Comitente: 1ª Vara de Falências e Recuperação Judicial de Curitiba
Local do Leilão: ONLINE: https://topoleiloes.com.br/
Situação: Aberto
Valor da Avaliação: R$ 1.927.000,00
Visualizações: 568
Horário dos leilões
1º. Leilão 30/08/2022 - 11:00h Online R$ 1.927.000,00
2º. Leilão 06/09/2022 - 11:00h Online R$ 1.927.000,00
Lances
Maior Lance: R$ 0,00
Apelido: --
Lances: 0
Autos: 0000014-55.1984.8.16.0185

Documentos

Descrição

LOTE: Lote de terreno nº 01, da quadra D, da Planta situada no lugar denominado Araçatuba, no Município de Campina Grande do Sul/PR, com a área de 15.760,543m² e as seguintes medidas e confrontações: Partindo do ponto P1, situado no limite com a Rua Sete de Setembro e a Rua Vinte e Dois de Março, definido pela coordenada UTM 7.195.699,021m Norte e 692.472,445m Este, seguindo com distância de 92,834m e azimute plano de 95°23'34" chega-se ao ponto P2, deste confrontando com a Rua Vinte e Dois de Março seguindo com distância de 13,547m e azimute plano de 96°51'55" chega-se ao ponto P3, deste seguindo com distância de 35,868m e azimute plano de 100°03'01" chega-se ao ponto P4, deste confrontando com a Rua Vinte e Dois de Março e a área do Sr. Joacir Camargo seguindo com distância de 117,975m e azimute plano de 186°58'41" chega-se ao ponto P5, deste confrontando com a área do Sr. Joacir Camargo e a área do Sr. Emerson Toccafondo seguindo com distância de 37,718m e azimute plano de 277°52'29" chega-se ao ponto P6, deste seguindo com distância de 26,685m e azimute plano de 279°56'05" chega-se ao ponto P7, deste seguindo com distância de 5,106m e azimute plano de 273°44'14" chega-se ao ponto P8, deste seguindo com distância de 51,000m e azimute plano de 266°33'10" chega-se ao ponto P9, deste confrontando com a área do Sr. Emerson Toccafondo e a Rua Sete de Setembro seguindo com distância de 18,705m e azimute plano de 358°57'22" chega-se ao ponto P10, deste seguindo com distância de 43,898m e azimute plano de 356°46'50" chega-se ao ponto P11, deste seguindo com distância de 7,867m e azimute plano de 345°14'04" chega-se ao ponto P12, deste seguindo com distância de 3,250m e azimute plano de 338°40'56" chega-se ao ponto P13, deste seguindo com distância de 5,632m e azimute plano de 342°00'17" chega-se ao ponto P14, deste seguindo com distância de 3,994m e azimute plano de 3°36'07" chega-se ao ponto P15, deste seguindo com distância de 18,902m e azimute plano de 5°18'49" chega-se ao ponto P16, deste seguindo com distância de 25,382m e azimute plano de 356°39'49" chega-se ao ponto P1 ponto inicial da descrição deste perímetro (descrição conforme planta e memorial descritivo constantes nos mov. 266.2 e mov. 266.3 dos autos nº 0002424-10.2005.8.16.0037). BENFEITORIAS: Uma construção mista em L na esquina, uma casa de madeira onde funciona uma estofaria, dois barracões em madeira, três construções residenciais (sendo duas delas inacabadas) e um campo de futebol. 

LOCALIZAÇÃO: Rua Vinte e Dois de Março nº 335, bairro São Paulo do Araçatuba, em Campina Grande do Sul/PR.

AVALIAÇÃO: R$1.927.000,00 em janeiro/2022 (mov. 297.1).

Informação Adicional

VALOR: A venda deverá ser efetuada por preço não inferior ao da avaliação, à vista, cujo valor deverá ser depositado, de imediato, no ato da arrematação, em dinheiro e em conta judicial vinculada ao Juízo. Toda e qualquer proposta que não se adeque ao antes delimitado (Edital), deverá ser imediatamente rejeitada.

CONDIÇÕES: Caso não compareça nenhum interessado em adquirir o bem à vista, será realizada a venda em parcelas, cuja aceitação fica condicionada, igualmente, ao depósito à vista de 20% do valor do lance, em conta judicial vinculada ao Juízo. O saldo remanescente, será satisfeito em até doze parcelas iguais, mensais, consecutivas e atualizadas monetariamente a partir da data da realização do leilão (INPC).

CONDIÇÕES GERAIS: Tratando-se de alienação judicial, a hipótese é de aquisição originária da propriedade, de modo que os bens serão entregues livres e desembaraçados de quaisquer ônus. O objeto da alienação estará livre de qualquer ônus e não haverá sucessão do arrematante nas obrigações do devedor, inclusive as de natureza tributária, as derivadas da legislação do trabalho e as decorrentes de acidentes de trabalho, na forma do art. 141, inciso segundo da lei 11.101/2005, combinado com o art. 130, parágrafo 1º, inciso I, do Código Tributário Nacional.

OBSERVAÇÃO: O imóvel encontra-se ocupado, cujo a posse é objeto da Ação de Usucapião nº 0002424-10.2005.8.16.0037, julgada improcedente no 1º grau de jurisdição, em trâmite perante a 1ª Vara de Falências e Recuperação Judicial de Curitiba/PR, com interposição de recurso de Agravo em Recurso Especial, pendente de julgamento perante o Superior Tribunal de Justiça - STJ.

Newsletter Inscreva-se em nossa newsletter e fique atualizado sobre as melhores oportunidades em leilões!