Guilherme Toporoski - LOJA nº 12 - CONJUNTO COMERCIAL VITORIA - CAPÃO DA IMBUIA.

Lotes Favoritos

Você precisa estar logado para visualizar os seus lotes favoritos

LOJA Nº 12 - CONJUNTO COMERCIAL VITORIA - CAPÃO DA IMBUIA.

Rua Nicolau Gulbino nº 163

ATENÇÃO!
Este lote possui possibilidade de compra parcelada. Verifique as condições no edital de leilão e envie já a sua proposta.

Enviar proposta

Detalhes do Imóvel

  • Total 22,77m²
  • Privativa 21,06m²
    Endereço: Rua Nicolau Gulbino nº 163
Informações
Código do leilão: 745-1
Lote Nº.: 1
Cidade/UF: Curitiba/PR
Comitente: 6ª Vara Cível de Curitiba
Local do Leilão: ONLINE: https://topoleiloes.com.br/
Situação: Aberto
Valor da Avaliação: R$ 47.000,00
Visualizações: 489
Horário dos leilões
1º. Leilão 03/03/2021 - 11:00h Online R$ 47.000,00
2º. Leilão 10/03/2021 - 11:00h Online R$ 28.200,00
Lances
Maior Lance: R$ 0,00
Apelido: --
Lances: 0
Autos: 0001623-37.2007.8.16.0001

Documentos

Descrição

LOTE: Loja comercial nº 12, do Condomínio Vitória Comercial Center, com a Indicação Fiscal nº 16.068.011.011-6, e numeração predial 163 da Rua Nicolau Gulbino, localizada nos fundos, sendo a terceira da esquerda para a direita, com a área construída exclusiva de 21,06m², área construída comum de 1,71m², perfazendo a área construída global de 22,77m², mais uma área livre comum de 2,65m² na frente do lote e mais uma área livre comum de 4,02m² na frente da loja destina a circulação de pedestres, num total de 29,44m², conforme descrição constante no AV/2 da Matrícula nº 31.150, do 3º Registro de Imóveis de Curitiba/PR.

LOCALIZAÇÃO: Rua Nicolau Gulbino nº 163, Condomínio Vitória Comercial Center, loja nº 12 (com acesso pelo portão do estacionamento), bairro Capão da Imbuia, em Curitiba/PR.

AVALIAÇÃO: R$47.000,00 (quarenta e sete mil reais) em 13/10/2020.

Informação Adicional

CONDIÇÕES GERAIS: Tratando-se a alienação judicial de hipótese de aquisição originária da propriedade pelo adquirente, o(s) bem(s) será(ão) vendido(s) livre(s) e desembaraçado(s) de ônus, inclusive, os de natureza fiscal (art. 130, § único, do CTN) e os de natureza propter rem (art. 908, § 1º, do CPC). 

PROPOSTAS PARA AQUISIÇÃO PARCELADA: 1) O interessado em adquirir o bem em prestações poderá apresentar através do auditório virtual do leiloeiro: (i) por ocasião do primeiro leilão, proposta de aquisição por valor não inferior ao da avaliação; (ii) por ocasião do segundo leilão, proposta de aquisição por qualquer valor que não seja considerado como vil. 2) A proposta conterá, em qualquer hipótese, oferta de pagamento de pelo menos 25% do valor do lance à vista e o restante parcelado em até 30 (trinta) meses, garantido por caução idônea, quando se tratar de móveis, e por hipoteca do próprio bem, quando se tratar de imóveis. 3) As propostas para aquisição em prestações indicarão o prazo, a modalidade, o indexador de correção monetária e as condições de pagamento do saldo. 4) Caberá ao arrematante a atualização monetária das parcelas, a emissão das respectivas guias de depósitos judiciais em continuação ao depósito do sinal, bem como, no prazo máximo de 03 (três) dias após o vencimento de cada parcela, protocolar em juízo os comprovantes de pagamento. 5) No caso de atraso no pagamento de qualquer das prestações, incidirá multa de dez por cento sobre a soma da parcela inadimplida com as parcelas vincendas. 6) O inadimplemento autoriza o exequente a pedir a resolução da arrematação ou promover, em face do arrematante, a execução do valor devido. 7) A proposta de pagamento do lance à vista sempre prevalecerá sobre as propostas de pagamento parcelado. 8) Havendo disputa de propostas parceladas prevalecerá sempre a de maior valor.

Newsletter Inscreva-se em nossa newsletter e fique atualizado sobre as melhores oportunidades em leilões!