Guilherme Toporoski - Títulos de Créditos Precatórios Estaduais - PR

Lotes Favoritos

Você precisa estar logado para visualizar os seus lotes favoritos

TÍTULOS DE CRÉDITOS PRECATÓRIOS ESTADUAIS - PR

Informações
Código do leilão: 1060-4
Lote Nº.: 4
Cidade/UF: Curitiba/PR
Comitente: 1ª Vara de Falências e Recuperação Judicial de Curitiba
Local do Leilão: ONLINE: https://topoleiloes.com.br/
Situação: Aberto
Valor da Avaliação: R$ 7.241.500,67
Visualizações: 772
Horário dos leilões
1º. Leilão 19/07/2022 - 11:00h Online R$ 7.241.500,67
2º. Leilão 26/07/2022 - 11:00h Online R$ 3.620.750,33
Lances
Maior Lance: R$ 0,00
Apelido: --
Lances: 0
Autos: 0001967-67.2015.8.16.0185

Documentos

Descrição

LOTE 4: Conjunto de 21 (vinte e uma) cessões de créditos de Precatórios Estaduais nº 2003/92093, sendo: 1) 94% de R$ 112.253,20 (cento e doze mil e duzentos e cinquenta e três reais e vinte centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de direitos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1362-N, fls. 156/156, adquiridos do credor originário Abranches Ary Ribas; 2) 94% de R$ 71.942,55 (setenta e um mil, novecentos e quarenta e dois reais e cinquenta e cinco centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de direitos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1369-N, fl. 094, adquiridos do credor originário Amauri da Silva Fernandes; 3) 94% de R$ 43.613,01 (quarenta e três mil, seiscentos e treze reais e um centavo), adquiridos através da escritura pública de cessão de direitos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fl. 009, adquiridos da credora originária Andreia Prohmann da Silva; 4) 94% de R$ 85.230,00 (oitenta e cinco mil, duzentos e trinta reais), adquiridos através da escritura pública de cessão de direitos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fl. 043, adquiridos do credor originário Aparecido Barbosa; 5) 94% de R$ 95.831,25 (noventa e cinco mil, oitocentos e trinta e um reais e vinte e cinco centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de direitos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1362-N, fls. 149/150, adquiridos do credor originário Arinete Lea Spercoski Ribas; 6) 94% de R$ 58.439,26 (cinquenta e oito mil, quatrocentos e trinta e nove reais e vinte e seis centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1369-N, fl. 091, adquiridos do credor originário Carlos Roberto dos Santos; 7) 94% de R$ 59.511,22 (cinquenta e nove mil, quinhentos e onze reais e vinte e dois centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1369-N, fl. 093, adquiridos da credora originária Cláudia Mara Bittencourt Ramos Zimmermann; 8) 94% de R$ 85.207,75 (oitenta e cinco mil, duzentos e sete reais e setenta e cinco centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1362-N, fls. 147/148, adquiridos do credor originário Elias Pires Cordeiro; 9) 94% de R$ 99.870,89 (noventa e nove mil, oitocentos e setenta reais e oitenta e nove centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fl. 011, adquiridos da credora originária Eloar Cavalheiro; 10) 94% de R$ 44.916,92 (quarenta e quatro mil, novecentos e dezesseis reais e noventa e dois centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fls. 022/023, adquiridos da credora originária Esmerina de Fatima Medrado Rossetto; 11) 94% de R$ 70.053,06 (setenta mil e cinquenta e três reais e seis centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fl. 014, adquiridos da credora originária Gisele Luciana Fernandes Nunes; 12) 94% de R$ 100.139,05 (cem mil, cento e trinta e nove reais e cinco centavos) e 94% de R$ 93.821,51 (noventa e três mil, oitocentos e vinte e um reais e cinquenta e um centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fl. 012, adquiridos da credora originária Julie Maria Correa Borges; 13) 94% de R$ 89.817,82 (oitenta e nove mil, oitocentos e dezessete reais e oitenta e dois centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fls. 015/016, adquiridos da credora originária Maria Aparecida Ribeiro Affonso da Costa; 14) 94% de R$ 113.481,72 (cento e treze mil, quatrocentos e oitenta e um reais e setenta e dois centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fl. 008, adquiridos da credora originária Maria Christina de Lemos Pessoa; 15) 94% de R$ 120.645,88 (cento e vinte mil, seiscentos e quarenta e cinco reais e oitenta e oito centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fl. 010, adquiridos da credora originária Marilu do Rosario Branco; 16) 94% de R$ 81.825,34 (oitenta e um mil, oitocentos e vinte e cinco reais e trinta e quatro centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1369-N, fl. 095, adquiridos da credora originária Mercedes da Silva Prohmann; 17) 94% de R$ 82.667,99 (oitenta e dois mil, seiscentos e sessenta e sete reais e noventa e nove centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fls. 020/021, adquiridos da credora originária Miria Giovanaz dos Santos; 18) 94% de R$ 85.719,39 (oitenta e cinco mil, setecentos e dezenove reais e trinta e nove centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1369-N, fl. 096, adquiridos do credor originário Rudimar Cristofolli; 19) 94% de R$ 74.140,30 (setenta e quatro mil, cento e quarenta reais e trinta centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1377-N, fl. 007, adquiridos da credora originária Salete Aparecida Alves de Athaydes; 20) 94% de R$ 109.705,43 (cento e nove mil, setecentos e cinco reais e quarenta e três centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1369-N, fl. 092, adquiridos da credora originária Soraia Cury; 21) 94% de R$ 88.425,90 (oitenta e oito mil, quatrocentos e vinte e cinco reais e noventa centavos), adquiridos através da escritura pública de cessão de diretos creditórios lavrada no 1º Tabelionato de Notas de Curitiba, Livro 1362-N, fls. 145/146, adquiridos do credor originário Victor Alberto Tarrago Cademartori.

AVALIAÇÃO: R$7.241.500,67 em outubro/2021 (mov. 18452.4).

Informação Adicional

i) O Leilão deverá ser precedido pela publicação do necessário Edital, com 5 dias de antecedência, além da divulgação por outros meios que contribuam para o amplo conhecimento da venda.

ii) O leilão será pelo maior valor, independentemente da forma de pagamento. Entretanto, durante o leilão, a partir do momento da oferta de lance à vista, que deverá ser superior aos lances em parcelas já existentes, somente se admitirá essa modalidade de pagamento.

iii) A venda deverá ser efetuada em primeira praça pelo valor da avaliação, à vista, cujo valor deverá ser depositado, de imediato, no ato da arrematação, em dinheiro e em conta judicial vinculada ao Juízo. Alternativamente, no ato da arrematação deverá ser depositado o sinal correspondente a 20% do valor, a ser depositado em conta judicial vinculada ao Juízo, e o restante será satisfeito no prazo de três dias. Caso não seja completado o preço no prazo de três dias, a coisa será levada a novo leilão, perdendo o arrematante o sinal, e ficando a arrematação sem efeito.

iv. Caso não compareça nenhum interessado efetuada em primeira praça, o bem será levado a segunda praça por no mínimo 50% (cinquenta por cento) do valor da avaliação, à vista, cujo valor deverá ser depositado, de imediato, no ato da arrematação, em dinheiro e em conta judicial vinculada ao Juízo. Alternativamente, no ato da arrematação deverá ser depositado o sinal correspondente a 20% do valor, a ser depositado em conta judicial vinculada ao Juízo, e o restante será satisfeito no prazo de três dias. Caso não seja completado o preço no prazo de três dias, a coisa será levada a novo leilão, perdendo o arrematante o sinal, e ficando a arrematação sem efeito.

Newsletter Inscreva-se em nossa newsletter e fique atualizado sobre as melhores oportunidades em leilões!